VISTOS PARA BRASILEIROS

VISTOS PARA BRASILEIROS

Crédito: Shutterstock.com

 Não é novidade dizer que os brasileiros estão viajando cada vez mais. O aumento do poder aquisitivo, a personalização dos pacotes turísticos e a facilidade de pagamento são alguns dos motivos que explicam a forte presença tupiniquim no exterior. Porém, antes de escolher o destino, é preciso levar em consideração uma palavrinha de cinco letras que pode trazer muitas complicações se não for levada a sério: o visto.

Existem diferentes tipos de vistos, que variam conforme o motivo da viagem – trabalho, turismo e intercâmbio. As normas não são gerais e não se aplicam a todos os países, existindo algumas regras específicas para cada destino.

Europa

Os brasileiros não costumam encontrar dificuldades para viajar para o Velho Continente, já que, dos 27 países que compõem a União Europeia, nenhum – isso mesmo, nenhum! – exige a apresentação do visto. Veja a lista aqui: http://europa.eu/about-eu/countries/index_pt.htm. Isto se torna ainda melhor se considerarmos que França, Portugal e Espanha, nações muito conhecidas por aqui, fazem parte desta lista. Antes de entrar em qualquer um deles, é preciso obter um carimbo no passaporte, o qual autoriza a permanência por até 90 dias – mas é possível renovar por mais 90, se for o caso.

Estados Unidos

Nova York – Estados Unidos | Crédito: Unsplash

Os Estados Unidos figuram como um destino querido pelos brasileiros, mas entrar no país não é tarefa das mais fáceis. Para obter o visto americano é preciso seguir alguns procedimentos, a começar pelo preenchimento de um formulário minucioso, recheado de perguntas pessoais e interessado em entender a finalidade da viagem para a terra do Tio Sam. Uma taxa deve ser paga e, em seguida, é feito o agendamento para colher a impressão digital, tirar a fotografia e verificar se a documentação está em ordem.

A última etapa é caracterizada por uma entrevista no Consulado Geral dos Estados Unidos, momento em que perguntas são feitas para filtrar quem será autorizado a embarcar. Além de sinceridade, o ideal é levar uma série de documentos que podem ser solicitados: carteira de trabalho, declaração de imposto de renda, certidão de casamento, extratos bancários, diploma de formação, passagem aérea e reserva de hotel, entre outros. Se a viagem for a trabalho, é importante levar uma carta que comprove o vínculo com a empresa que a está patrocinando.

Outros países

O México e a América do Sul como um todo (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela) dispensam a necessidade de visto dos brasileiros que viajam a turismo, mas a Guiana exige o visto para viajantes a negócios.

Já os turistas com viagem marcada para Angola, Austrália, Canadá, China, Cuba, Egito, Índia, Japão e Vietnã precisam lidar com os trâmites, pois o visto é obrigatório.

Crédito:

https://www.segueviagem.com.br/blog/vistos-para-brasileiros/

19.04.2017 | por Segue Viagem